segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Fim do MODISMO em eventos oficiais do MTG, isso é possivel SIM!

Nós tradicionalistas estamos muito preocupados com esse modismo que está tomando conta e inclusive inibindo nossa verdadeira tradição gaúcha, estou acompanhando pessoalmente muitos rodeios onde Grupos nada nativistas ou nada tradicionalistas estão se apresentando e tocando “Bailes Gaúchos”. Me lembro perfeitamente em Abril de 2008, quando fui representar a serra gaúcha na cidade de Maravilha, Santa Catarina, onde me decepcionei com os gaúchos que lá participavam, nas provas campeiras tinha tradicionalista montado à cavalo usando “bota de borracha”, “lenço estampado”, camisa gola polo e “bombacha estreita”, lembro que no domingo deu um baita de um temporal, ai ridicularizaram ainda mais nós gaúchos; a peonada estava laçando com capas de plástico em cima das encilhas e capas de plástico em cima da pilcha gaúcha, voltamos de lá aterrorizados de como eles levam a cultura gaúcha tão pouco a sério, pois lá valia "tudo".

Alguns meses depois têm seletiva regional de tiro de laço na cidade de Nova Araçá e adivinhem o que acontece? Primeiramente a gauchada estava refugando chuva, não encilharam seus pingos nem laçaram abaixo de água e barro para não se sujar, ai no meio desse tempo feio aparece uma turma de bonitão que resolveram laçar usando capa de plástico transparente em cima da pilcha crioula, e digo mais, entre esses peões estavam grandes representantes de entidades (patrões e capatazes) e até influencias da região (ex coordenador). Parabéns gauchada, baita exemplo para o restante do pessoal.

Com toda essa baboseira relatada acima, o que eu quero mesmo me referir é que a cada dia que passa nosso povo está sendo manipulado, estamos perdendo aos poucos nossa cultura e também a bravura de nossos antecedentes, afinal, até medo de água estamos tendo ultimamente!.

A presidência do MTG precisa urgentemente ampliar seu foco, suas idéias de regionalismo e impor “obrigatoriedade” a certas coisas que tangem seus eventos oficiais, afinal, porque somos obrigados a se filiar no MTG para participarmos de rodeios e simplesmente manter vivo nosso tradicionalismo? Já que somos obrigados a isso, já que a carteirinha do MTG é a única coisa que vale mesmo, vamos caminhar na mesma lógica. O MTG obriga a participarmos, vamos fazer ele também proibir definitivamente qualquer grupo gauchesco tchê music ou grupos não pilchados em participar de eventos do MTG, sob pena rígida ao CTG organizador do evento. Exemplo do post abaixo, onde o Rodeio Internacional de Soledade organizou “baile” com o Grupo Tchê Chaleira. Damos punição rigorosa a eles, que tal começando com 1 ano sem poder promover o seu rodeio. Com certeza absoluta, isso irá servir de exemplo a muitos outros CTG’s e mais, Tchê Music jamais tocará em eventos oficiais do MTG, seja o gaúcho o paranaense o catarinese ou qualquer outro.

Uma ótima notícia para nós tradicionalistas é que a 11ºRT se uniu e juntou Patrões, Capatazes, Juízes de Campeira e Coordenador a caminharem na mesma direção, agora queimando armadas de peões que não estão em conformidade com o evento, usando rastras, lenços curtos ou estampados, chapéus texanos, encilhas irregulares e bombachas estreitas.

Ai pergunto, porque a 11ºRT está conseguindo inibir qualquer coisa não tradicionalista em suas provas campeiras e o MTG, nosso carro chefe não consegue inibir esse pessoal organizador de eventos?

Talvez má vontade do Presidente Oscar Gress? ou talvez falta de pulso firme do mesmo em simplesmente obrigar estes organizadores a cumprirem nossas normas?

Fernando Massolini
Capataz Campeiro
CTG Galpão da Saudade - 11ªRT

3 comentários:

  1. Venho até aqui convidar vocês para o TIRO DE LAÇO em Balsa Nova dia 1 e 2 de maio de 2010. Mais informações no endereço: http://rodeionorancho.blogspot.com/
    Um grande abraço a todos!

    ResponderExcluir
  2. Olha... eu nao entendo para que toda essa briga que vocês e a tche music estão tendo. Gente... isso é RIDICULO. Toda forma de expressão e música é válida. E tchê Music é ótimo... faz a piazada mais nova gostar do som do RS, coisa que as musicas tradicionalistas não fazem mais. E sabe porque?? Porque os pais nao ensinam... e não esquecendo que quem lançou a thce music foi um grupo tradicionalista que resolveu modernizar... qual é o problema???? Há espaço para todos!!!!! Bando de grosso... isso sim... se vocês não querem se modernizar pelo menos não atravanquem o caminho dos outros. Aposto todas as fichas que nesse rodeio de soledade apareceu muito mais gente para ver o som do tche chaleira do que se tivesse um gaucho da fronteira... uma berenice azanbuja (que por sinal é uma porcaria) e assemelhados. SALVE SALVE para C. Oliveira e R. Mello que presta... Mas mesmo assim... bato eles lá na festa no lugar do tche chaleira... ia, no minimo, cair em metade o publico. Sabe o que os tradicionalistas tem??? Dor de cotovelo. Sabe porque? Porque gaucho gosta de tchê music e recebeu o som com os braços abertos.

    ResponderExcluir
  3. Buenas Aline,
    Primeiramente obrigado por acompanhar o blog, e saiba que respeitamos seu modo de pensar e não temos nenhum preconceito quanto a isso.

    Sugiro que você baixe no 4shared algum álgum do Fabiano Bacchieri ou Raineri Spohr. Assim quero fazer você entender a verdadeira essência da nossa música, só então saberá o porque me referi assim perante o tche music.

    Baita abraço parceira.

    ResponderExcluir

Tchê, é um prazer receber seu comentário e/ou sua crítica, fique a vontade para soltar o verbo e muito obrigado por sua participação. Forte abraço.