sexta-feira, 21 de maio de 2010

A Previsão do Improviso

por Pedro Du Bois

A noite em desencontros
ressoa horas de cantoria:

o silêncio perdura
no corpo
inerte
ao acontecido.

A sugestão da vidente
transposta ao passado
incomprovado: prevejo
consequências e estreio
caminhos demonstrados.

Improviso suspenso
em bandeiras desfraldadas.

Um comentário:

  1. Caro Fernando,
    pela divulgação, agradeço.
    abraços colorados.
    Pedro.

    ResponderExcluir

Tchê, é um prazer receber seu comentário e/ou sua crítica, fique a vontade para soltar o verbo e muito obrigado por sua participação. Forte abraço.